GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Pedido para que buscas por Lázaro Barbosa não sejam feitas em templos religiosos é negado

Entidade que representa religiões de matrizes africanas alega que durante força-tarefa houve invasão a templos. Caçada chega ao suspeito 18º dia

O Poder Judiciário do Estado de Goiás negou o pedido do Instituto de Defesa dos Direitos das Religiões Afro-brasileiras (Idafro) para que buscas por Lázaro Barbosa sejam feitas em templo religiosos, principalmente na região de Cocalzinho de Goiás. As informações são do G1.

De acordo com a entidade, há registros de agressões, ameaças e destruição de símbolos sagrados pelos agentes da força-tarefa que visa prender o suspeito da Chacina em Ceilândia e de diversos outros ataques. A caçada por ele chegou ao 18º dia neste sábado (26).