Juíza cassa chapa no interior da Bahia e novas eleições podem ser marcadas

Jesulino Porto (DEM) e Dra. Zaza (PMB), prefeito e vice-prefeita, respectivamente, do município de Maiquinique, tiveram os mandatos cassados pela juíza eleitoral Giselle de Fátima Cunha Guimarães Ribeiro. 

Segundo a decisão, os dois cometeram abuso de poder político e econômico, com a ajuda de um servidor municipal. Durante as eleições do ano passado, eles distribuíram combustível financiados com dinheiro público , conforme comprovado por áudio, imagens e vídeo, para conseguirem se reeleger.

A ação foi impetrada pelo Podemos de Maiquinique e seu candidato na disputa, Padre Reinaldo.

Jesulino Dra. Zaza também foram multados em R$ 10 mil cada. O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) ainda tem que confirmar a decisão. Se referendara, um novo pleito deve ser marcado.

Fonte: BNews

Programa Estado Solidário