GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Pastor Everaldo teria recebido R$ 6 milhões para caixa 2 de campanha

O relato do depoimento veio a público nesta terça-feira (11)

Um dos ex-executivos da Odebrecht afirmou em depoimento à Justiça que o ex-candidato à Presidência Pastor Everaldo (PSC) recebeu R$ 6 milhões em caixa dois na campanha de 2014.

O candidato ficou na quinta posição, na ocasião.

De acordo com relato do ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin, os delatores Renato Amaury de Medeiros e Fernando Luiz Ayres da Cunha Santos Reis mencionaram o envolvimento do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) nesses repasses.

O relato do depoimento veio a público nesta terça-feira (11). Com informações da Folhapress.

 

Tele Coronavírus 155 começa a funcionar para atender a população gratuitamente na Bahia