Réu arremessa garrafa d’água e ameaça juiz durante júri em MT: ‘Merece morrer’

O julgamento foi realizado na Câmara de Vereadores de Nova Monte Verde, na sexta-feira (31). Odinei Batista de Jesus, de 25 anos, foi condenado a 20 anos por homicídio.

Juiz Bruno César Singulani França, que presidia o Tribunal do Júri (Foto: TJMT/Divulgação)

Condenado por homicídio, o jovem Odinei Batista de Jesus, de 25 anos, foi levado para a delegacia de Nova Monte Verde, a 920 km de Cuiabá, na sexta-feira (31). depois de arremessar uma garrafa d’água e ameaçar o juiz Bruno César Singulani França, que presidia o Tribunal do Júri em que o réu era julgado.

O julgamento foi realizado na Câmara de Vereadores de Nova Monte Verde.

Após a leitura da sentença, de acordo com o boletim de ocorrência, Odinei estava na presença dos jurados, do juiz e da população presente e estava prestes a ser algemado, quando se desvencilhou dos agentes penitenciários.

Na ocasião, ele arremessou uma garrafa d’água na direção do juiz, que conseguiu se desviar do objeto.

Em seguida, ele começou a xingar o juiz e ameaçá-lo: “Desgraçado, você merece morrer. Vocês, jurados, merecem morrer”.

Diante da agressão verbal, o condenado foi contido pelos agentes, oficiais de Justiça e de policiais militares que faziam a segurança do local.

Odinei foi levado para a delegacia e ficou às disposição da Justiça.

Julgamento foi realizado na Câmara de Nova Monte Verde (Foto: Câmara de Nova Monte Verde/Divulgação)

Condenação

Odinei foi condenado a 20 anos de prisão pelo homicídio de Antônio Carlos Uchak. O crime foi registrado em fevereiro de 2016 em um estabelecimento comercial chamado ‘Boate da Nikita’, em Nova Monte Verde.

O condenado teria recebido recompensa para cometer o crime.

JIU JITSU FERNANDO MEIRA