GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Procon autua 22 escolas e lojas na Operação Volta às Aulas 2020

Órgão esclarece aos pais que não é obrigatório entregar todos os materiais escolares no início do ano.

Vinte e dois estabelecimentos foram autuados pela Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA) na Operação Volta às Aulas 2020. Na primeira fase da ação, que tinha como alvo as listas de materiais escolares e reajustes da mensalidade, 57 escolas foram fiscalizadas e dez autuadas.

Na fase seguinte a atenção dos fiscais se voltou para comercialização de materiais escolares. Doze estabelecimentos foram autuados, entre os 50 fiscalizados pelo órgão.

Em nota enviada à imprensa, o Procon esclarece que a entrega integral do material escolar no início do ano é facultativa. Pais e responsáveis podem perguntar à unidade escolar quando determinados materiais serão utilizados. Se for para uma atividade a acontecer no segundo semestre, não é necessário comprar agora.

O órgão alerta também que os materiais de limpeza, de uso administrativo da escola e de uso coletivo na sala de aula não poderão constar na lista de material escolar. Casos suspeitos podem ser denunciados no posto de atendimento do Procon-BA, através do aplicativo Procon BA Mobile ou via e-mail denuncia.procon@sjdhds.ba.gov.br.

Tele Coronavírus 155 começa a funcionar para atender a população gratuitamente na Bahia