UFC 213

PF e INSS apuram fraudes contra Previdência Social em Salvador

Cerca de 50 policiais federais e 12 servidores da Previdência Social cumprem nove mandados de busca e apreensão na capital baiana.

A Polícia Federal e o Núcleo de Inteligência Previdenciária da Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda deflagraram a Operação Contrafeito na manhã desta segunda-feira (13) contra a atuação de um grupo criminoso especializado em fraudes à Previdência Social.

Cerca de 50 policiais federais e 12 servidores da Previdência Social cumprem nove mandados de busca e apreensão na cidade de Salvador. De acordo com as investigações, foi apurado que o grupo atuava desde 2012 e que os envolvidos utilizavam-se de documentos falsos para darem entrada em processos de requerimento de benefícios previdenciários.

Na prática, eram utilizados relatórios e exames médicos falsos com o auxílio de servidores do INSS, também envolvidos nas fraudes. O prejuízo até o momento é de R$ 500 mil.

Os envolvidos responderão pelos crimes de estelionato contra à Previdência Social, os quais preveem penas de 1 a 5 anos de reclusão e multa. As informações são do Bocão News.

 

 

Veja também