CARNAVAL 2024

Operação Patronos cumpre mandados contra advogados envolvidos em esquema de decisões judiciais

Ação foi deflagrada pela Polícia Federal, na manhã desta quinta-feira (14), em Salvador

Foto: Ascom / PF

A Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação Patronos, na manhã desta quinta-feira (14), que investiga a participação de advogados em negociações de decisões judiciais de desembargadores do Tribunal de Justiça da Bahia.

Durante a ação, vinculada a Faroeste, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, em endereços residenciais e profissionais dos investigados, em Salvador.

Na oportunidade, houve bloqueio de quase R$ 37 milhões em bens e valores dos investigados, em razão das suspeitas de origem ilícita, bem como a suspensão do levantamento pelos investigados de cerca de R$ 7 milhões, vinculados aos processos em que foram proferidas as decisões investigadas.

Um dos suposto alvo da ação, vinculada a Faroeste, é o filho da desembargadora Lígia Cunha, ex-juiz do Tribunal Regional Eleitoral (TTRE-BA), Rui Barata Filho.

CARNAVAL 2024

Veja também

NOVA BAHIA