GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Nova cepa faz China enfrentar pior surto de coronavírus desde início da pandemia

Mais de 200 chineses testaram positivo para a variante Delta desde que o vírus foi identificado no aeroporto de Nanjing no dia 20 de julho

A mídia estatal chinesa anunciou o maior surto de Covid-19 no país desde o começo da pandemia. O contágio pela variante Delta, altamente transmissível, teve origem há duas semanas no aeroporto da cidade de Nanjing e se espalhou para cinco províncias da capital Beijing, informou o jornal britânico “The Guardian“.

O cenário é tido como a pior onda de contágio desde dezembro de 2019 em Wuhan, cidade onde a crise sanitária global teve início. Cinquenta e cinco novas infecções pela cepa descoberta na Índia foram identificadas somente nesta segunda-feira (2). Já são mais de 200 notificadas desde 20 de julho.

Milhões de pessoas estão em lockdown, enquanto o país tenta conter o avanço do coronavírus com testes em massa.

A capital cortou todas as ligações ferroviárias, ônibus e linhas aéreas onde foram encontrados casos de coronavírus e fechou suas portas para turistas durante o verão. Somente “viajantes essenciais” podem entrar, na condição de apresentarem teste de PCR negativo.

Beijing, que chegou a se vangloriar do sucesso na redução da doença e ver os números caírem a praticamente zero, com o alívio nas regras de distanciamento em várias partes do país e o aumento das viagens por causa da temporada de férias, aparentemente criou um ambiente propício para a circulação da nova cepa.

“A situação ainda é sombria e complicada”, disse o governo de Zhuzhou, que nesta segunda-feira (2) ordenou que mais de 1,2 milhão de residentes ficassem em casa sob estrito bloqueio por três dias

As autoridades procuram por pessoas que viajaram recentemente de Nanjing ou Zhangjiajie e pedem aos turistas que não viajem para áreas onde foram registrados casos.

Fonte: A Referência

Programa Estado Solidário