GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Navio encalha no canal de Suez e bloqueio pode prejudicar comércio mundial

Local, que fica no Egito, é estratégico para a rota marítima que conecta o mar Vermelho ao Mediterrâneo

Um navio encalhou no canal de Suez, no Egito, na terça-feira (23) e pode prejudicar o comércio mundial por semanas. O local é estratégico para a rota marítima que conecta o mar Vermelho ao Mediterrâneo e a navegação na região foi suspensa nesta quinta (25) até que o porta-contêineres Ever Given seja retirado.

Conforme informações do jornal El País, o comércio já iniciou a preparação para um fechamento prolongado caso a operação de reboque da embarcação não avance. O navio, que tem 400 metros de extensão, mantém o tráfego bloqueado nas duas direções e as tentativas para fazer a embarcação flutuar ainda não tiveram sucesso.

O tráfego marítimo que é realizado diariamente pelo canal de Suez é avaliado 9,6 bilhões de dólares (R$ 54,5 bilhões), conforme uma estimativa Lloyd’s List Intelligence, especializada no setor. Por dia, o tráfego em direção ao ocidente é de 5,1 bilhões de dólares e na região oposta o valor é de 4,5 bilhões de dólares.

Por causa do bloqueio, já começaram a ser registrados engarrafamentos de navios e atrasos nas entregas de petróleo e outros produtos. A rota é de grande importância entre Europa e Ásia. De quarta até esta quinta, o preço do petróleo já registrou um aumento de quase 6% em virtude dos temores de falta de abastecimento enquanto a embarcação continuar encalhada.

Programa Estado Solidário