GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Na estreia de Wagner Lopes, Vitória enfrenta o CRB no Barradão

Foto: Jefferson Peixoto/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O Vitória enfrenta o CRB, neste domingo (15), às 16h, no Barradão, válido pela 18ª rodada da Série B. O duelo marcará a estreia do técnico Wagner Lopes no comando do time rubro-negro.

O novo comandante rubro-negro descartou fazer mudanças significativas na equipe.

“A ideia é dar sequência ao que vem sendo feito. É claro que a gente tem nossas convicções, muitos anos no futebol. Muitas vezes chegou de chegar na véspera do jogo e mudar alguma coisa, às vezes de manter o que está sendo feito. Com bom senso, tranquilidade e, principalmente com as pessoas que estão aqui, vamos tomar a melhor decisão possível”, afirmou.

Para o duelo, o Vitória contará com o retorno do zagueiro Wallace. Ele cumpriu suspensão na rodada anterior após ter acumulado três cartões amarelos.

O Vitória está em situação complicada na Série B. A equipe tem 14 pontos e ocupa a 17ª posição. Em 17 jogos, o time venceu apenas dois, perdeu sete e empatou oito, o que representa aproveitamento de 27,5%.

O CRB vive um momento oposto ao do Vitória. A equipe é a segunda colocada na competição com 31 pontos. Para o jogo, o técnico Allan Aal tem duas baixas: Gum e Alisson Farias. O primeiro sentiu dores na panturrilha e foi vetado pelo departamento médico. O segundo pertence ao Leão e não poderá atuar por força contratual.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA X CRB
Série B – 18ª rodada
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data: 15/08/2021 (domingo)
Horário: 16h
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Tiago Gomes da Silva (GO)
Quarto árbitro: Fabrício Vilarinho da Silva (BA)
Analista de campo: Kleber Moradillo da Silva (GO)

Vitória: Lucas Arcanjo; Raul Prata, Wallace, Mateus Moraes e Roberto; Pablo Siles, Fernando Neto e Bruno Oliveira; Marcinho, Guilherme Santos e Samuel. Técnico: Wagner Lopes.

CRB: Diogo Silva; Reginaldo, Páscoa, Caetano e Guilherme Romão; Marthã, Jean Patrick e Diego Torres; Jajá, Pablo Dyego e Júnior Brandão. Técnico: Allan Aal.

Programa Estado Solidário