MPT marca audiência para negociar fim de greve de vigilantes na Bahia

A greve dos vigilantes na Bahia será discutida em uma audiência na próxima terça-feira (6), na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT-BA), no Corredor da Vitória. Será a segunda vez que a categoria se reunirá com as empresas do setor de vigilância para tentar um acordo.

Os vigilantes estão em greve desde o dia 24 de maio, afetando, principalmente, o funcionamento de agências bancárias e órgãos públicos federais, estaduais e municipais.Em uma audiência realizada na tarde desta quinta-feira (1º), os representantes patronais afirmaram que não dispõem de representatividade para negociar com os vigilantes.

Na terça, os empresários vão avaliar as ponderações dos procuradores do trabalho. A proposta patronal de inclusão de uma cláusula permitindo a realização de hora extra para os vigilantes que trabalham no regime de 12 horas por 36 de descanso é um dos entraves da negociação.

 

 

Programa Estado Solidário