Últimas Notícias

MP pede prisão de falso dentista que atuava em Itabuna

O Ministério Público Estadual (MP-BA), por meio do promotor Dioneles Leone Santana, pediu na sexta-feira, 6, a prisão preventiva de Paulo Henrico Melo Santos, de 38 anos. Ele é suspeito de exercer ilegalmente a profissão de dentista no município de Itabuna, no sul da Bahia.

De acordo com informações do site Teixeira Hoje, a Justiça tem até 30 dias para emitir uma decisão. Caso o pedido seja negado, o MP-BA deverá recorrer ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

Ainda conforme o site, o suspeito teria feito mais de 20 vítimas, que chegaram a denunciar algumas ações. Uma pessoa, de identidade não revelada, que teria sido atendida por Henrico, denunciou que sofreu uma grave infecção após o suspeito fazer um procedimento de implantes.

Paulo Henrico é investigado pela polícia desde o mês de julho, após uma denúncia feita em maio pelo Conselho Regional de Odontologia (CRO). Ele seria sócio de um consultório localizado nos municípios de Itabuna e Vitória da Conquista. Durante as ações da polícia, foram apreendidos documentos que comprovam a atuação do jovem na profissão de dentista mesmo sem possuir diploma universitário.

Outubro Rosa - A gente abraça essa luta