Manifestantes interditam BR-116 em Feira de Santana em protesto contra a prisão do ex-presidente Lula

Um grupo de manifestantes interditou os dois sentidos da BR-116, na frente da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), a cerca de 100 quilômetros de Salvador, por volta das 6h40 da manhã desta terça-feira (10). O protesto é contra a prisão do ex-presidente Lula.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a pista foi liberada por volta das 8h. No entanto, os manifestantes continuam no local, aglomerados no acostamento. A PRF não estimou quantas pessoas participam do ato.

Eles queimaram pneus e cantaram em apoio ao ex-presidente. O grupo carrega bandeiras que pedem a candidatura de Lula nas próximas eleições.

Ainda segundo a polícia, o protesto foi pacífico e causou congestionamento. A PRF não soube dizer qual a extensão do engarrafamento, mas informou que o trânsito é tranquilo e flui no local desde as 8h30.

A Uefs informou ao G1 que, apesar do protesto ser na frente da universidade, não existe ligação com a entidade. O G1 tentou contato com os organizadores do protesto mas não conseguiu falar.

Veja também