Jacaré vence Brunson com nocaute espetacular e encerra ‘seca’ do Brasil no UFC em 2018

Com um lindo chute na cabeça, faixa-preta de jiu-jitsu chegou a vitória por nocaute e se recolocou na disputa pelo cinturão dos médios.

Jacaré vence Brunson no UFC Charlotte. Foto: Twitter / UFC

Foram necessárias 10 lutas e 28 dias para, enfim, o Brasil comemorar sua primeira vitória no Ultimate em 2018! E o triunfo veio em grande estilo com Ronaldo Jacaré. O brasileiro conseguiu um nocaute espetacular contra Derek Brunson com um chute na cabeça no primeiro round e se recolocou na briga pelo cinturão dos médios. O combate foi a atração principal do UFC Fight Night Charlotte, evento realizado na noite deste sábado (27), nos Estados Unidos.

Com o triunfo, Jacaré, terceiro colocado no ranking da divisão de médios, reencontra o caminho das vitórias e se recupera do revés diante de Robert Whittaker, em abril de 2017, e de uma série de lesões nos treinamentos após a perda. Agora, o faixa-preta aguarda o vencedor da disputa entre Luke Rockhold e Yoel Romero, pelo cinturão interino, em busca da sonhada chance pelo título da categoria.

“Eu me sinto ótimo. Passei por duas cirurgias, oito meses atrás estava no hospital, minha esposa ia ao hospital todo dia me dar banho. Hoje é meu aniversário de casamento, Larissa, eu te amo!”, diz Ronaldo Jacaré, muito emocionado.

Apesar do triunfo de Jacaré, o evento não foi bom para os demais lutadores brasileiros. Atuando no card preliminar, Godofredo Pepey foi nocauteado por Mirsad Bektic, Juliana Lima foi dominada pela iraquiana Randa Markos, enquanto Joaquim Netto BJJ foi superado por Vinc Pinchel na decisão dos juízes.

 

Fonte: Super Lutas
JIU JITSU FERNANDO MEIRA

Veja também