Fux libera outdoors de Bolsonaro no interior da Bahia

Vice-presidente do TSE rejeitou pedido do Ministério Público que apontava para propaganda eleitoral antecipada.

O ministro Luiz Fux, vice-presidente do TSE, rejeitou o pedido do Ministério Público de retirar outdoors do pré-candidato a presidencia, Jair Bolsonaro (PSC-RJ), em cidades do interior da Bahia, segundo matéria do G1.

Segundo o órgão, os outdoors representavam propaganda eleitoral antecipada, o que é illegal. A foto do deputado federal aparece ao lado da  frase ˜Brasil acima de tudo, Deus acima de Todos. Bolsonaro. Pela honra, moral e ética˜.  Os painés foram colocados em Paulo Afonso, Glória e Santa Brígida.

Fux citou trecho da lei eleitoral e disse não haver menção à candidatura de Bolsonaro à presidência, nem exaltação de qualidades pessoais. As campanhas eleitorais só podem começar no dia 15 de Agosto.

 

 

JIU JITSU FERNANDO MEIRA

Veja também