UFC

Detran-BA presta homenagens às vítimas do trânsito

Para marcar o Dia Mundial em Memória às Vítimas do Trânsito (19 de novembro), o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) fez um minuto de silêncio durante a Feira da Saúde e Cidadania, em Teixeira de Freitas, no extremo sul, homenageando as pessoas que perderam a vida em acidentes e familiares. Servidores do órgão formaram um círculo de mãos dadas com adultos e crianças que participavam do evento.

“Perdi meu filho de 19 anos em um acidente de moto, há dois anos. Ele saiu de Teixeira de Freitas para Eunápolis e colidiu de frente com um carro. Fiquei destruída e até hoje não me recuperei”, disse a comerciante Lucidalva Santana, 53. O ato, no domingo (19), foi seguido de ações educativas do Detran na feira promovida pelo Governo do Estado, com a oferta também de serviços de saúde e do SAC.

Também no final de semana, houve homenagem em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, onde foi realizado um encontro do Pró-Vítimas, programa do Detran que presta assistência psicossocial e jurídica a quem sofreu acidentes, com quase três mil atendimentos. Camaçarienses acolhidos participaram de uma terapia de grupo, coordenada por psicólogos, com direito a palestra sobre boas escolhas e música . Segundo a psicóloga Daniella Fontoura Andrade, “cada um descobriu que não está sozinho, que existem outros sofrendo com traumas de acidentes. A aproximação dessas pessoas ajuda na superação”.

O cidadão pode informar acidentes de trânsito pelo aplicativo Detran.BA Mobile, onde já foram registradas mais de 500 ocorrências. Os dados vão servir para políticas públicas de segurança viária. Na área de fiscalização, o departamento realiza a operação ‘Paz no Trânsito’, em parceria com a Polícia Militar, que já fez mais de 70 mil abordagens este ano.

“Temos feito um grande esforço para combater a epidemia do trânsito, mas essa é uma responsabilidade de todos os cidadãos. Ou consolidamos uma cultura da consciência, entre condutores e pedestres, ou vamos continuar chorando a perda de entes queridos. Por isso, o trabalho educativo é uma prioridade em nossa gestão”, afirmou o diretor-geral do Detran, Lúcio Gomes.

Fonte: Ascom/Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA)

 

Veja também