Cursos de autoescola ficarão 25% mais caros por conta da alta da gasolina

A alta dos preços dos combustíveis vai fazer os valores cobrados pelas autoescolas também subirem. Segundo o Sindicato das Autoescolas e Centros de Formação de Condutores da Bahia (Sindauto Bahia), o aumento será, em média, de 25%, e deve ser aplicado a partir de julho. No estado, o custo médio da habilitação para carro (categoria B), é de R$ 1.900; com o reajuste, será de R$ 2.375. A habilitação para moto (categoria A), custa, em média, R$ 1.600 e passará a custar R$ 2.000.

O presidente do Sindauto Bahia, Wellington Oliveira, ressalta que as autoescolas passaram cerca de oito meses fechadas por conta das medidas restritivas da pandemia, entre 2020 e 2021, e ainda amargam as consequências da crise sanitária. “Agora temos esses consecutivos aumentos dos combustíveis, que é o nosso insumo básico, representa cerca de 40% dos custos de uma autoescola. Estamos segurando o reajuste, mas, a partir do segundo semestre, não vamos ter mais como segurar”, diz.

EU VÍI A EDUCAÇÃO GANHAR UM INVESTIMENTO RECORDE