CNH digital chega este mês para os motoristas da Bahia

Com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) digital, os motoristas baianos não vão ter a necessidade de ter o documento impresso, de acordo com o diretor do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), Lúcio Gomes, que prevê a emissão do documento “em duas semanas” para motoristas baianos.

Em matéria publicada em 5 de fevereiro deste ano, o diretor de habilitação do órgão de trânsito, Mário Galrão, afirmou que o Detran iria começar a emitir o documento digital em, no máximo, 15 dias.

Questionado, o Detran justifica a demora afirmando que o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) precisa se adaptar a separação da versão digital da impressa solicitada pelo departamento de trânsito baiano, já que o padrão adotado por outros estados é diferente.

“Diferente do que acontece nos outros estados, que há uma vinculação da CNH digital com a impressa, na Bahia, o cidadão vai ter a possibilidade de escolher, na habilitação ou renovação, ter uma versão eletrônica ou impressa”, afirmou o diretor o Detran-BA.

Apesar de ainda não emitir a CNH digital, o Detran já definiu que ela não será cobrada de quem já tem a CNH impressa no modelo atual (com QR code). Já quem for tirar a primeira habilitação, vai ser cobrada a taxa de R$ 95 para a digital e R$ 190 para a impressa.

Além da Bahia, Amapá, Ceará e Pará ainda não emitem o documento digital. Os órgãos têm até 1º de julho deste ano para adequação ao novo modelo.

*Sob a supervisão da editora Meire Oliveira

JIU JITSU FERNANDO MEIRA