UFC

Caso Madeleine: descoberta testemunha misteriosa no sumiço da garota

Mulher vista por duas pessoas junto ao apartamento dos McCann seria Luisa Todorov, de nacionalidade búlgara.

Um criminologista diz ter identificado a mulher misteriosa, vestida de roxo, vista por duas pessoas nas imediações do apartamento da família McCann no dia do desaparecimento da garota inglesa Madeleine, em 3 de maio de 2007, há dez anos e seis meses.

A menina estava prestes a completar quatro anos quando desapareceu em um resort em Portugal, onde passava férias com os seus pais, irmão e irmã em Lagos, na região do Algarve, sul do país.

Segundo o Mirror, o criminologista Heriberto Janosch Gonzalez conseguiu apurar a identidade da mulher misteriosa que a Scotland Yard (polícia judiciária inglesa) quer ouvir. Trata-se de Luisa Todorov, de 58 anos, de nacionalidade búlgara. Luisa e o marido estavam, em 2007, trabalhando no Ocean Club, na Praia da Luz.

Luisa e o marido, Stefan, de 50 anos, prestaram depoimentos à polícia cinco dias depois do desaparecimento de Maddie. Ambos negaram ter qualquer conhecimento sobre o que se passou e desde então o casal não mais foi ouvido no caso. Uma década depois, presume-se que Luisa e Stefan já tenham regressado à Bulgária.

Gonzalez, que investiga o caso do desaparecimento de Maddie desde o início, está convencido que Luisa é a mulher misteriosa, vestida de roxo naquela noite. “Tenho passado a pente fino os documentos da polícia para tentar apurar quem é a mulher de roxo”, refere, considerando que é “muito provável” que ela seja a testemunha que a Scotland Yard procura. Teria sido, aliás, por isso que a polícia inglesa se deslocou à Bulgária.

Apesar de terem sido investigadas 60 pessoas, não foi feita qualquer detenção relacionada ao desaparecimento de Maddie. A polícia inglesa já seguiu 560 linhas de investigação, chegou até a fazer escavações na Praia da Luz, em 2014, à procura de pistas sobre o que aconteceu à menina. O caso continua sendo um mistério.

 

Fonte: UOL

 

Veja também