CAMPANHA COMBATE AO MOSQUITO EDES AEGYPTI

Caetano celebra pesquisa e alfineta adversário: ‘Chapa fria’

Coordenador da campanha de Jerônimo ao Governo do Estado também se disse feliz com convenção e garante petista nos debates

“Por isso está crescendo, movimentamos o mundo político nosso e isso reflete com força na opinião pública da Bahia”, disse Luiz Caetano – Foto: Divulgação

O empate técnico entre os candidatos a governador Jerônimo Rodrigues (PT) e ACM Neto (UB), registrado na mais recente pesquisa A TARDE/AtlasIntel, foi motivo de comemoração por parte do grupo do petista, que pela primeira vez alcançou seu adversário.

Coordenador da campanha do ex-secretário Estadual de Educação, o deputado federal Luiz Caetano (PT) enalteceu as qualidades do seu grupo e também alfinetou os adversários. “Demorou, demorou e veio uma chapa fria. Cozinhou, cozinhou, cozinhou e veio fria a chapa. Limaram Marcelo Nilo, limaram Zé Ronaldo e apresentaram uma chapa fria, na minha opinião”, comentou Caetano. Na quinta-feira, foi anunciado o nome da empresária Ana Coelho (Republicanos) como vice na chapa encabeçada por ACM Neto.

Caetano enxerga o crescimento da candidatura de Jerônimo como fruto de um trabalho em equipe que tem se refletido durante a campanha. “Estamos comemorando [resultado da pesquisa A TARDE/AtlasIntel] como também estamos comemorando o resultado da convenção, que foi muito boa, com participação muito grande de prefeitos e lideranças. Foram mais de duzentos prefeitos presentes ou sendo representados”, disse o coordenador da campanha de Jerônimo.

Para Caetano, Jerônimo Rodrigues é produto de um time político com apoios de Lula (PT), Jaques Wagner (PT), Otto Alencar (PSD), Geraldo Júnior (MDB) e de prefeitos do estado. “Por isso está crescendo, movimentamos o mundo político nosso e isso reflete com força na opinião pública da Bahia”.

A participação de Jerônimo em debates está garantida, segundo Caetano. “Jerônimo quer conversar com o povo. Vamos ao debate para sermos propositivos, discutir projeto, discutir a Bahia, é isso que nós vamos falar”, disse o coordenador da campanha do petista, que disse esperar que os adversários façam o mesmo. “Para que a gente tenha um debate para cima, alegre”.