GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Após diretor ofender aluna, polícia faz perícia em faculdade

Diretor da Unifan e deputado federal por Goiás, professor Alcides, xingou mulher de puta | Foto: Divulgação

Após uma confusão generalizada no prédio do Centro Universitário Alfredo Nasser (Unifan), na região metropolitana de Goiânia, o local passou por perícia da Polícia Técnico-Científica na manhã deste sábado, 9. Na tarde de sexta-feira, o reitor da instituição e deputado federal por Goiás, professor Alcides, chamou uma aluna de “puta” durante uma discussão.

O barraco envolvendo o diretor e uma mulher terminou com troca de agressões. O caso foi registrado na Polícia Civil, que iniciou uma investigação sobre as circunstâncias da confusão.

As imagens registradas nos corredores da Unifan mostram a discussão entre o deputado e mães de alunos, que questionaram sobre acordos feitos na instituição. No vídeo, é possível ouvir quando o deputado se exalta, chama a aluna de “puta” e manda buscar a solução para o problema na delegacia.

Em seguida, o parlamentar chama a mulher de puta e começa uma sequência de agressões envolvendo os seguranças. Em dado momento, é possível ouvir o barulho de uma explosão, que parece ser um disparo de arma de fogo.

De acordo com a Polícia Civil, a corporação acompanhou o trabalho da perícia. Ainda na sexta-feira, o local foi isolado para o início da investigação.

Em nota publicada nas redes sociais, a reitoria da Unifan declarou que lamenta o fato ocorrido no pátio da instituição. De acordo com o comunicado, a confusão tem “nuances de armação para expor a imagem do reitor, um deputado federal influente em Goiás”.

Ainda de acordo com a nota, o vídeo que circula nas redes sociais “foi editado de forma seletiva e maldosa antes da divulgação”.

Fonte: A Tarde UOL

Programa Estado Solidário