Abastecimento de bancos por carros-fortes não foi afetado por greve, diz sindicato

A greve de caminhoneiros não afetou o funcionamento dos bancos na Bahia, segundo o presidente do Sindicato dos Bancários no estado, Augusto Vasconcelos.

De acordo com ele, os caixas das agências continuaram sendo abastecidos normalmente pelos carros-fortes, que não têm tido dificuldade de passar pelos bloqueios nas estradas baianas. “Provavelmente, os carros-fortes não foram bloqueados porque eles são vigilantes, então são de uma categoria diferente. Só os caminhoneiros estavam sendo parados”, explicou Vasconcelos.

Ainda segundo o presidente da instituição, o impacto da greve foi apenas para o deslocamento de funcionários, mas o problema foi solucionado pelas agências. Apesar da normalidade, a situação está sendo monitorada pelo sindicato.

 

Fonte: BN
JIU JITSU FERNANDO MEIRA