UFC surpreende e anuncia promessa como desafiante de Tyron Woodley

Favorito, Colby Covington foi preterido pelo jovem inglês Darren Till.

O Ultimate Fighting Championship anunciou o desafiante do campeão dos meio-médios, Tyron Woodley. E quem esperava uma chance para o falastrão Colby Covington, se surpreendeu. O escolhido é o jovem inglês Darren Till, que enfrentará o dono do cinturão na luta principal do UFC 228, marcado para 8 de setembro, em Dallas.

Colby Covington conquistou o cinturão interino dos meio-médios ao bater Rafael dos Anjos e seria o desafiante natural do campeão linear, na tentativa de unificar o título. Entretanto, o norte-americano passou por uma cirurgia no nariz e não estaria disponível para lutar no evento do dia 8 de setembro, como desejava a organização. Com isso, o UFC optou por não esperar pela recuperação de Colby, e anunciou Darren Till como rival de Woodley.
Darren Till é natural de Liverpool, onde começou a carreira de lutador no muay thai. Mas ele viveu uma experiência no Brasil, por quase quatro anos, quando treinou em Santa Catarina na Astra Fight Team. Depois de 12 vitórias consecutivas, assinou com o UFC em 2015 e, em seis lutas na organização, ganhou cinco e empatou outra.
A grande performance diante de Donald Cerrone, na Polônia, vencendo por nocaute, e o triunfo sobre Stephen Thompson, ex-desafiante da categoria, em Liverpool, saindo ganhador por decisão unânime, garantiram ao inglês de 27 anos a chance de encarar o campeão linear. O Gorilla, como é chamado, tem cartel de 17 vitórias e um empate, nas 18 lutas como profissional.
Campeão desde 2016, Woodley defendeu o cinturão três vezes e não se mostrou empolgado com a possibilidade de enfrentar Covington, quando o falastrão conquistou o título interino. Sem adversário, o Chosen One está inativo no UFC há um ano, desde quando bateu Demian Maia, por decisão unânime, o último desafiante.
JIU JITSU FERNANDO MEIRA