Duelo de gigantes: Borrachinha encara Romero no UFC 230, em Nova York

Mineiro enfrentará líder do ranking dos médios e pode se aproximar do título.

Depois de nocautear Uriah Hall e completar a quarta vitória seguida, Paulo Borrachinha pediu para enfrentar Chris Weidman, ex-campeão peso médio, no UFC de novembro, em Nova York. O mineiro, em alta na divisão, foi atendido até certo ponto. Ele lutará no evento marcado para o tradicional Madison Square Garden, mas contra outro adversário: o cubano Yoel Romero.

Romero, 41 anos, foi o último desafiante do atual campeão, o neozelandês  naturalizado australiano Robert Whittaker. Em duelo equilibrado no UFC 225, em junho passado, o cubano foi batido por decisão dividida. O caribenho ocupa o primeiro lugar no ranking peso médio, abaixo justamente do dono do cinturão.
Borrachinha, 27 anos, está invicto, com 12 vitórias no MMA profissional – quatro pelo UFC. O mineiro nascido em Contagem teve ascensão fulminante na lista dos 15 melhores da divisão até 84kg. Depois da vitória sobre Uriah Hall, em Las Vegas, ele passou ao oitavo lugar no ranking.
Em caso de vitória sobre o cubano, Borrachinha tem grande chance de entrar no top 5 da categoria. E, de quebra, ficar perto de uma futura disputa de cinturão. Nas redes sociais, o mineiro reproduziu o post do UFC no Instagram, divulgando o combate contra Romero. E os fãs brasileiros demonstraram total apoio ao representante da Grande BH.
JIU JITSU FERNANDO MEIRA