Tricampeão de kickbox, belga antivacina morre de Covid aos 41 anos

Conhecido como ‘o homem mais forte da Bélgica’ ele dizia que o ‘pequeno vírus’ não iria lhe deter

Negacionista e antivacina convicto, o belga Frederic Sinistra, tricampeão de kickbox, morreu aos 41 anos após uma parada cardíaca, em decorrência da Covid-19. O falecimento foi anunciado pela mulher do lutador nas redes sociais.

De acordo com informações do jornal esportivo espanhol Marca, o atleta que era conhecido como “o homem mais forte da Bélgica” foi a óbito após pedir alta voluntária e assinar termo de responsabilidade, alegando que iria tratar do “pequeno vírus” sozinho em casa, na cidade de Ciney.

Ainda segundo a publicação, Sinistra foi internado em 26 de novembro por determinação de seu treinador. Nas redes sociais ele chegou a publicar um vídeo no qual aparecia lutando para respirar e afirmava que “não tinha tempo a perder com gente preguiçosa”. Em outras postagens ele dizia que o “pequeno vírus” não lhe deteria e se pronunciava contrário aos protocolos para combater o novo coronavírus.