UFC

TRE-BA reduz recesso para agilizar biometria

O órgão só paralisa as atividades no período que vai de 23 de dezembro a 1º de janeiro de 2018

Os eleitores baianos que ainda não fizeram o recadastramento biométrico ganharam mais alguns dias para realizar o procedimento e não ter o título de eleitor cancelado.   É que o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) reduziu o recesso de fim de ano dos servidores e magistrados de 18 para 10 dias. Assim, o órgão só paralisa as atividades no período que vai de 23 de dezembro a 1º de janeiro de 2018. Anteriormente, a pausa era de 20 de dezembro a 6 de janeiro.

“Nós só não vamos atender em quatro dias úteis, que são os dias 26, 27, 28 e 29 de dezembro, semana entre o Natal e o Ano Novo, exatamente para atender o maior número de pessoas. Então a gente espera que as pessoas compareçam para fazer valer esse atendimento”, explicou Tiago Mimoso, vice-presidente da Comissão da Biometria.

Maior procura

Segundo o TRE, em Salvador, maior colégio eleitoral do estado, existem 1.980.298 eleitores aptos a realizarem o recadastramento biométrico. Destes, 908.231 fizeram a biometria, o que representa 45,86%. Na semana passada, circulou nas redes sociais um comunicado segundo o qual quem não fizesse a biometria eleitoral pagaria multa de R$ 150 reais.  O Tribunal Eleitoral desmentiu o boato.

Contudo, depois disso, as filas aumentaram em todos os postos, incluindo no maior deles, que fica na sede TRE, situada no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. De acordo com Tiago Mimoso, o aumento do fluxo de eleitores vem ocorrendo não só por força do boato, mas também porque mais eleitores resolveram regularizar a situação agora que o prazo final se aproxima.

“Desde o dia 13 de novembro a gente está com um movimento acima do que era usual aqui na sede do TRE. Nesse período, a gente chegou a bater pico de 4.450 pessoas em um dia, enquanto antes atendíamos mais ou menos 3.500 pessoas. Agora estamos com uma média de 4.100 atendimentos por dia”, completou.

Prazo

Todos os eleitores devem comparecer até o dia 31 de janeiro de 2018 em um dos postos de atendimento para fazer o recadastramento. Não está prevista prorrogação. Caso o procedimento não seja feito dentro do prazo estabelecido, o eleitor terá o título cancelado e, por conta disso, será impedido de tirar passaporte, fazer matrícula em instituição de ensino superior, tomar posse em cargo público, além de outros.

Atendimento

O atendimento nos postos do TRE-BA nos SACs é feito apenas por agendamento no site do SAC. Para quem está com dificuldades de fazer o agendamento, é possível ir em um dos postos que atendem por ordem de chegada, como o da Estação Pirajá, Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, Tribunal Regional do Trabalho e na própria sede do TRE. Este último também funciona com hora marcada e possui 101 guichês, divididos entre agendamentos e demanda espontânea.

Tiago Mimoso diz que o horário de maior movimento  na sede do órgão é pela manhã, quanto o tempo médio de espera está sendo de 3h. No final do dia, o fluxo diminui consideravelmente.  O atendimento neste posto é de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h. Para realizar o recadastramento, o eleitor precisa apresentar um documento original com foto e comprovante de residência atualizado, emitido em até três meses.

 

Veja também