‘Tem que pensar em saúde’, diz secretária estadual sobre o carnaval

Secretária alertou que números de casos ativos de coronavírus e de pessoas na UTI por conta da doença não tem diminuído na Bahia

A secretária da saúde do estado, Tereza Paim, voltou a falar na última quinta-feira (11) sobre as condições para a realização do Carnaval de 2022. Ela ressaltou que “não são as pressões econômicas que estão se impondo, e sim a ciência, que está se impondo” e disse que é preciso que 80% da população esteja vacinada com a duas doses contra a covid-19 para que haja segurança na realização de grandes eventos.

Paim ainda alertou que os números de casos ativos de coronavírus e de pessoas na UTI por conta da doença não tem diminuído na Bahia desde setembro e reforçou que é preciso “pensar em saúde”.

“Nós temos pessoas que perdemos, a saúde está em um rolo compressor de pessoas que ficaram em casa e tem demanda de saúde. A prioridade hoje é pensar de forma correta, Estamos vendo países que tiraram as máscaras e que tiveram que retornar o uso, vendo os números crescerem. Carnaval é uma festa popular, e todos, do mundo. Ninguém quer está fragilizado neste momento”, pontuou a titular da Sesab.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Programa Estado Solidário