Após Salvador e Rio de Janeiro, Olinda também cancela carnaval de rua

Prefeitura promete auxílio financeiro para quem depende da festa

O tradicional carnaval de rua de Olinda, em Pernambuco, foi cancelado pelo segundo ano consecutivo pela prefeitura. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (5). A gestão municipal prometeu um auxílio financeiro para quem depende da festa.

A proibição do carnaval foi recomendada pelo Comitê Científico do Consórcio Nordeste, que reúne os nove estados da região.

Em Salvador, a folia momesca já havia sido cancelada pelo governador da Bahia, Rui Costa. Ainda em dezembro, com o aumento de casos da Influenza A H3N2 ainda em meio à pandemia da Covid-19, Rui decidiu pelo cancelamento da festa.

Já no Rio de Janeiro, após reunião com representantes dos blocos, o prefeito Eduardo Paes anunciou o cancelamento dos desfiles dos blocos de rua do carnaval deste ano.