UFC 213

St-Pierre apaga Bisping, conquista título dos médios e faz história no UFC

Canadense conquista volta triunfal ao octógono e toma cinturão de inglês com finalização.

Para fechar um evento histórico, nada melhor do que um feito para entrar para a história. Foi exatamente o que aconteceu no UFC 217, ocorrido em Nova York (EUA), neste sábado (4). Depois de nocautes, finalizações e muita emoção durante todo o show, a noite se encerrou com o retorno de triunfal de Georges St-Pierre, que finalizou Michael Bisping no terceiro round e conquistou o título dos médios do UFC após quase quatro anos fora do octógono.

Com uma atuação estratégica, como sempre foi sua marca, St-Pierre começou bem na trocação, sem pressa para usar suas derrubadas. Ele conseguiu a primeira só no fim do primeiro round. O canadense foi mais atingido no segundo assalto e chegou a ficar com o rosto ensanguentado, mas ainda assim manteve a frieza, seguiu trocando bem de pé e colocou para baixo no momento certo. No terceiro assalto, depois de acertar um cruzado de esquerda que derrubou Bisping, GSP atacou por cima, fez o inglês virar para se proteger e encaixou um mata-leão que o apagou no octógono.

Aos 36 anos, St-Pierre se tornou o quarto lutador na história do UFC a conquistar títulos em duas categorias diferentes na organização. O canadense agora soma um cartel de 26 vitórias e duas derrotas na carreira. Já Bisping, teve interrompida uma sequência de cinco vitórias. O inglês agora tem um cartel de 30 vitórias e oito derrotas.

 

 

Veja também