Sociedade ganduense debate municipalização do trânsito

Sem sistema de estacionamento rotativo, motoristas convivem com as dificuldades para achar vagas nas ruas do centro de Gandu.

Em frente ao Shopping Gan a partir das 08hs é difícil encontrar uma vaga para estacionar.

Nesta segunda-feira (19), durante a sessão plenária da Câmara Municipal, vereadores pretendem discutir sobre a mobilidade urbana em Gandu. O objetivo é discutir os detalhes sobre a proposta de municipalização do trânsito. O assunto mobiliza membros do poder legislativo e executivo, representantes da sociedade civil organizada, feirantes e comerciantes em geral.

A cidade em função do avanço urbano registrou um número crescente da frota de veículos nos últimos anos e no intuito de atender a demanda da falta de vagas para estacionamento pretende adotar medidas para a municipalização do trânsito.

A mobilidade urbana é um desafio das cidades e depende muito de outros quesitos que influem, como a educação no trânsito, consciência da população e plano diretor. Por isso, é necessário discutir medidas paliativas e o estacionamento rotativo é o mínimo que se pode fazer“, diz Dr. Paulo Assis.

Dr. Paulo solicita do servidor auxílio para retirar veículo que está obstruindo sua garagem.

Agentes orientam motoristas à estacionarem em local correto.

O agente Fábio Testa cuida da organização do tráfego de veículos na praça da feira.

Aos sábados a partir das 09hs no entorno da praça da feira não se encontra local para estacionar.

Na Rua Érico Sabino Souza – Centro, fica complicado encontrar vagas para estacionar. Isso acontece também em dias comuns. (Seg – Sex)

Municipalização do Trânsito em Gandu

Programa Estado Solidário