Senador Otto Alencar reafirma apoio do PSD baiano a Lula

Já tem seis meses que eu falo’, destacou nesta segunda-feira o senador, que descartou a possibilidade de sair candidato ao governo; “candidato é Wagner”

Em meio a indefinição se o PSD vai abrigar o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin e se o ex-tucano será ou não vice na chapa do presidenciável Lula, o senador baiano Otto Alencar reafirmou nesta segunda-feira (14) que o diretório estadual da legenda vai apoiar o petista. “Já tem seis meses que eu falo que aqui a gente vai apoiar Lula”, disse, durante solenidade de entrega de equipamentos por parte do governo estadual.

Otto avaliou que o PSD vai apoiar Lula no primeiro ou no segundo turno. “Pode ser no primeiro turno ou não. Depende da posição dos pré-candidato a vice-presidente da República. É (hora de) aguardar um pouco. Nós temos duas datas estratégicas: abril (quando se encerra a janela partidária) e a convenção (entre julho e agosto). Passado abril, clareia mais. Ninguém pode tomar decisões agora para não contentar alguns”, ponderou.

Na conversa com a imprensa, o senador – que preside o PSD no estado – descartou a possibilidade de sair candidato a governador, reiterando que já lançou sua campanha à reeleição e também revelou o apoio da legenda ao nome do senador Jaques Wagner (PT) ao governo. “Nunca teve essa conversa (candidatura ao governo) comigo. Nunca tratei com ninguém”, frisou Otto. “Candidato é Wagner.”.