Retrospectiva UFC: Relembre quais foram os melhores nocautes de 2021

O ano de 2021 foi marcado por lindos nocautes, tanto nos cages de MMA, quanto nos ringues de boxe

2021 foi um ano repleto de lindos nocautes (Foto: Montagem/SUPER LUTAS)

Mais um ano chega ao fim e, novamente, os esportes de combate não decepcionaram seus fãs, principalmente aqueles que gostam de belos nocautes. No octógono do UFC, no cage circular do Bellator ou nos ringues de boxe, tivemos alguns fortes candidatos a “Nocaute do Ano”. A equipe do SUPER LUTAS separou os 15 melhores nocautes do ano (em ordem cronológica). Confira a lista!

Cory Sandhagen x Frankie Edgar – UFC Vegas 18

C. Sandhagen aplica joelhada que ‘apagou’ F. Edgar no UFC Las Vegas 18. Foto: Reprodução/Instagram

Logo no segundo mês do ano já tivemos um sinal do que veríamos pela frente em 2021. No UFC Vegas 18, em fevereiro, Cory Sandhagen nocauteou Frankie Edgar com uma joelhada voadora espetacular em um dos nocautes mais bonitos da temporada do Ultimate.

Francis Ngannou x Stipe Miocic 2 – UFC 260

O segundo nocaute da lista aconteceu na luta principal do UFC 260, no final de março. O camaronês Francis Ngannou mostrou seu temido poder de nocaute e derrubou o então campeão Stipe Miocic na revanche entre os dois, tomando para si o cinturão dos pesados (até 120,2 kg).

F. Ngannou (esq.) atropelou S. Miocic (esq.) no UFC 260 e conquistou o cinturão dos pesados.
Foto: Reprodução/Instagram

Rose Namajunas x Zhang Weili – UFC 261

No final de abril foi a vez de Rose Namajunas conquistar o cinturão peso palha (até 52,1 kg) com um lindo chute alto que levou a então campeã Zhang Weili à lona.

R. Namajunas (esq.) encara Zhang (dir.) no UFC 268. Foto: Reprodução/Facebook UFC

No final de abril foi a vez de Rose Namajunas conquistar o cinturão peso palha (até 52,1 kg) com um lindo chute alto que levou a então campeã Zhang Weili à lona.

Kamaru Usman x Jorge Masvidal – UFC 261

K. Usman brutalizou J. Masvidal no UFC 261. Foto: Reprodução/Instagram

No mesmo evento em que Rose Namajunas conquistou o título peso palha, Kamaru Usman defendeu o cinturão dos meio-médios (até 77 kg) com um nocaute avassalador sobre Jorge Masvidal no reencontro dos dois no octógono.

Jiri Prochazka x Dominick Reyes – UFC Las Vegas 25

J. Prochazka (dir.) brutalizou D. Reyes (esq.) no UFC Las Vegas 25. Foto: Reprodução/Instagram

No evento seguinte, mais um forte candidato ao prêmio de Nocaute do Ano. O tcheco Jiri Prochazka mostrou por que é um dos meio-pesados (até 93 kg) mais temidos do mundo e nocauteou Dominick Reyes com uma cotovelada giratória brutal.

Edson Barboza x Shane Burgos – UFC 262

E. Barboza (esq.) derrotou S. Burgos (dir.) por nocaute no UFC 262. Foto: Reprodução/Instagram

Primeiro brasileiro na lista, Edson Barboza provou mais uma vez ser um dos melhores strikers do UFC e aplicou um nocaute com “delay” em Shane Burgos, que, após receber o golpe, demorou alguns segundos para ir à lona.

Charles do Bronx x Michael Chandler – UFC 262

Charles do Bronx derrotou Michael Chandler por nocaute. Foto: Reprodução/Instagram

No mesmo evento do nocaute com “delay” de Edson BarbozaCharles do Bronx fez história ao nocautear Michael Chandler e conquistar o cinturão peso leve (até 70,3 kg) do UFC após 11 anos lutando pela organização.

Ignacio Bahamondes x Roosevelt Robert – UFC Vegas 34

I. Bahamondes consegue um dos nocautes mais bonitos do ano contra R. Roberts. Foto: Reprodução/Twitter

Saímos do Brasil, mas permanecemos na América do Sul com mais um candidato forte a “Nocaute do Ano”. O chileno Ignacio Bahamondes nocauteou Roosevelt Robert com um lindo chute giratório no UFC Las Vegas 34.

Anderson Silva x Tito Ortiz – Boxe

A. Silva deu show ao derrotar T. Ortiz no boxe (Foto: Twitter/Triller)

Em uma lista de nocautes, não poderiamos ignorar a nobre arte. Do octógono para os ringues, Anderson Silva deu um show e não tomou conhecimento de Tito Ortiz em evento da Triller, em setembro. O “Spider” juntou mais um nocaute épico a sua extensa coleção.

T. Fury nocauteou D. Wilder no terceiro duelo entre os dois; Foto: Reprodução/Instagram/WBC

Ainda nos ringues, os pesos pesados Tyson Fury e Deontay Wilder se encontraram pela terceira vez em outubro. O resultado foi um nocaute brutal do britânico no décimo primeiro round.

Chris Barnett x Gian Villante – UFC 268

C. Barnett (esq.) aplica chute rodado em G. Villante. Foto: Reprodução/Instagram

De volta ao octógono, o UFC 268 nos apresentou três nocautes memoráveis. O primeiro deles foi do “gordinho carisma” Chris Barnett, que surpreendeu Gian Villante com um lindo chute giratório para conquistar a vitória.

Alex Poatan x Andreas Michailidis – UFC 268

A. Poatan (dir.) conecta joelhada que determinou nocaute sobre A. Michailidis. Foto: Reprodução/Instagram

Outro lindo nocaute do UFC 268 ficou por conta de Alex Poatan Pereira, lenda do kickboxing mundial que apresentou seu cartão de visita no UFC com uma belíssima joelhada voadora que levou Andreas Michailidis a nocaute.

Marlon Vera x Frankie Edgar – UFC 268

Ainda no UFC 268Marlon Vera nocauteou Frankie Edgar com um chute frontal que “esmagou” o rosto do ex-campeão dos leves.

S. Pettis nocauteou K. Horiguchi (Foto: Reprodução/Youtube)

Do octógono para o cage circular do Bellator, Sergio Pettis estava perdendo a luta mas conseguiu defender o cinturão dos galos (até 61,2 kg) contra o japonês Kyoji Horiguchi graças a um surpreendente soco giratório conectado no momento certo.

Foto: Reprodução/Instagram

Fechando a lista, mas não menos importante, o youtuber Jake Paul chocou o mundo ao nocautear brutalmente o ex-campeão do UFC, Tyron Woodley, em revanche realizada em dezembro.

Fonte: Super Lutas