UFC

Reforma da Previdência: 18 deputados baianos são contra; veja lista

Dezoito deputados federais baianos se declaram contra a reforma da Previdência. Eles engrossam o coro dos 213 parlamentares que, segundo levantamento do jornal Folha de S. Paulo, também darão voto contrário ao texto. Por enquanto, o governo federal ainda não tem os 308 votos necessários para aprovar a matéria.

São contra a reforma:

      • Alice Portugal (PCdoB),
      • Afonso Florence (PT),
      • Bacelar (Pode),
      • Bebeto (PSB),
      • Caetano (PT),
      • Daniel Almeida (PCdoB),
      • Davidson Magalhães (PCdoB),
      • Félix Mendonça Júnior (PDT),
      • Fernando Torres (PSD),
      • Irmão Lazaro (PSC),
      • Jorge Solla (PT),
      • José Carlos Araújo (PR),
      • Nelson Pellegrino (PT),
      • Roberto Britto (PP),
      • Sérgio Brito (PSD),
      • Valmir Assunção (PT)
      • Waldenor Pereira (PT).

Por outro lado, apenas quatro baianos confirmam que serão favoráveis às mudanças previdenciárias. São eles:  * Arthur Oliveira Maia (PPS) – ele é relator da reforma -,Benito Gama (PTB), José Carlos Aleluia (DEM) Ronaldo Carletto (PP).

Ainda estão indecisos os deputados João Gualberto (PSDB), Márcio Marinho (PRB), Paulo Azi (DEM) e Paulo Magalhães (PSD). Elmar Nascimento (DEM) e José Rocha (PR) seguirão orientação dos partidos. Outro grupo de parlamentares prefere não se manifestar: Cacá Leão (PP), Claudio Cajado (DEM), João Carlos Bacelar (PR), José Nunes (PSD), Jutahy Junior (PSDB) e Pastor Luciano Braga (PRB).

Os deputados Antonio Brito (PSD), Erivelton Santana (PEN), Lucio Vieira Lima (PMDB), Mário Negromonte Jr. (PP) e Uldurico Junior (PV) não foram encontrados para se manifestar.

 

Fonte: UOL

 

Veja também