PSB oficializa indicação de Alckmin para vice de Lula na disputa ao Planalto

Foto: André Ribeiro

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) formalizou na última sexta-feira (8) a indicação do ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, como o vice candidato na chapa encabeçada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para a disputa eleitoral à Presidência da República.

Durante o encontro, junto ao presidente nacional da legenda, Carlos Siqueira, do próprio Lula e da presidenta do Partido dos Trabalhadores, a deputada federal Gleisi Hoffmann, em um hotel na capital paulista, o ex-tucano disse ser grato ao PSB. Ele se disse agradecido duplamente, pela indicação e pelo acolhimento, após mais de 30 anos no PSDB.

A aliança com o seu ex-adversário petista seria, segundo Alckmin, para “somar esforços para reconstruir o país”. O principal objetivo do casamento Lula-Alckmin, deixou claro o paulista, seria apresentar esse projeto de “reconstrução” em aversão ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PL), que “atenta contra a democracia” brasileira. Alckmin ainda falou sobre desprendimento, união e ressaltou o crescimento da economia, de 7,5% em 2010, ao fim do segundo governo do petista. *Ler mais.