Processamento de cacau teve leve alta no país no 4º trimestre de 2018

As indústrias processadoras de cacau instaladas no Brasil aumentaram ligeiramente a moagem da amêndoa no último trimestre de 2018 na comparação com o mesmo período do ano anterior.

De acordo com levantamento da TH Consultoria, sediada em Salvador, foram processadas 60.588 toneladas de cacau de outubro a dezembro, alta de 0,5%. Em relação ao terceiro trimestre de 2018, houve crescimento de 0,7%. Em geral, a moagem do último trimestre costuma ser maior por causa da demanda das festas de fim de ano.

Apenas em dezembro, a moagem caiu 4,4% na comparação com o mesmo mês de 2017, para 19.370 toneladas. Ante novembro, o volume foi 4,1% menor.

Ainda segundo a TH Consultoria, o volume de cacau recebido pelas indústrias em todos os Estados na semana móvel encerrada dia 6 de janeiro ficou em 1.404 toneladas, queda de 119% na comparação com o mesmo período da safra passada (2017/18).

Desde o início da safra atual (2018/19) até 6 de janeiro, as indústrias receberam 169.335 toneladas de cacau produzidas no país e 24.834 toneladas de cacau do exterior. No acumulado do mesmo período safra passada, as indústrias haviam recebido 124.459 toneladas de cacau nacional e 657.728 toneladas de cacau estrangeiro. fonte: Valor