Queda na arrecadação afeta Gandu e prefeitura se vê forçada a demitir

Prefeito explicou sobre a queda na arrecadação e a necessidade de reduzir as despesas do município.

Nesta segunda (25), o prefeito do município de Gandu, Leonardo Cardoso (PP), concedeu entrevista ao programa “Manhã da 103” da Rádio FM Vitória, onde falou sobre diversos temas ligados a sua administração.

Acompanhado do vice Jojó, a entrevista durou cerca de aproximadamente 30 minutos, onde o gestor iniciou falando sobre as dificuldades financeiras que afeta os Estados e municípios, devido à crise nacional e a queda de arrecadação geral.

Ao ser indagado sobre o risco de demissões na prefeitura de Gandu, o prefeito admitiu que diante do atual cenário se vê obrigado a reduzir a folha para que possa manter o equilíbrio das contas públicas. ” É lamentável informar que para a Prefeitura continuar honrando com os compromissos, nossa administração não vê outra alternativa nesse momento que não seja a redução da folha de pagamento, infelizmente“, ressaltou o gestor sobre a lista de exoneração contendo aproximadamente 100 nomes de servidores.

De acordo com o gestor, além do corte de pessoal haverá também redução de despesas em todos os setores para equilibrar as contas e caso a situação não melhore, mais medidas de cortes poderão ser tomadas nos próximos dias.

Ainda durante a entrevista o prefeito comentou sobre a nova fábrica-escola de chocolate que será inaugurada nos próximos dias e sua expectativa para que o município de Gandu se torne economicamente referência na produção de chocolate. Ao final, Léo confirmou oficialmente a realização do 1º Seminário de Cacauicultura que será realizado em Gandu entre 05 a 07 de outubro, convidando a população para prestigiar um evento muito importante para o município.

 

Fonte: GANDUZÃO

 

 

JIU JITSU FERNANDO MEIRA