Nota de Esclarecimento: APLB/Delegacia Sindical Gandu

Nota de Esclarecimento: APLB/Sindicato Núcleo Gandu

A Delegacia Sindical Gandu, reitera que não procurou a Promotoria Pública para denunciar a irregularidade do recurso da Educação Básica, em relação ao pagamento de 3 ônibus (assim descreve o contrato de pagamento). A entidade tomou como surpresa divulgação do suposto assunto abordado com o promotor, por meio do blog do Zebrão, bem como, um áudio que circula no WhatsaApp.

Qualquer denúncia em relação a Gandu, será de conhecimento da gestão municipal. Assim como fazíamos em gestões passadas, apontamos, dialogamos e aquilo que não é de comum acordo legal, busca-se quem é de direito julgar o mérito. E, assim, fazemos com situações encontradas na Educação.

Somos professores e sabemos da relevância do estudo para qualquer cidadão, se assim, não o fosse, seria controvérsia nossa profissão.  É pertinente investimentos aos estudantes em qualquer modalidade. Todavia, já que tornaram público um assunto que fora discutido em reunião com a Gestão municipal, e até o presente momento o sindicato não havia divulgado, nem denunciado, como afirmam com tanta veracidade, as pessoas desinformadas, faz-se necessária uma explicação.

As verbas da Educação Básica não podem de maneira alguma ser desviadas para outros fins, outras modalidades. No Brasil, os municípios são responsáveis por fornecer a educação BASE, ou seja: creches, pré-escolas e o ensino Fundamental de nove anos. E as verbas que chegam aos cofres públicos municipais devem ser destinadas a investimentos para essas modalidades de ensino. Isso não quer dizer que as demais modalidades não possam ter investimento, pode, outros recursos, ou do próprio dinheiro como prometeu o prefeito.

Sabemos que, apesar da busca de tentar ofender, desqualificar a APLB Gandu, e dirigentes com ofensas, desrespeita-nos como mulher, mães de família, esposas, profissionais, os autores da divulgação da notícia inverídica, são inteligentes e conhecedores da Lei, e sabem que não se faz desvio de verbas públicas, mesmo que seja para proporcionar um bem maior. Ou faz?

JIU JITSU FERNANDO MEIRA