UFC

Policiais militares femininas treinam Krav Magá

Trinta policiais militares femininas de diversas unidades da capital e Região Metropolitana (RMS) participaram na manhã desta quarta-feira (28), no Ginásio de Esportes da Vila Policial Militar do Bonfim, da aula de defesa pessoal Krav Magá. A iniciativa tem como objetivo ensinar às mulheres da Corporação como se defenderem de uma agressão, bem como intervir para proteger um cidadão que está sendo agredido, sem a utilização de armas letais.

A cabo Jordana Figueiredo, da 22ª CIPM, em Simões Filho, disse que sempre teve a curiosidade de aprender o Krav Magá e chegou o momento. “Estou muito entusiasmada, pois é sempre bom aprender e desenvolver novas práticas que podem ajudar a salvar vidas, principalmente as nossas”, comentou.

Durante a instrução, ministrada pelo professor Carlos Primo e equipe, as policiais, devidamente fardadas e com o auxílio de equipamentos, desempenharam técnicas de imobilização e condução em diferentes situações de violência do dia-a-dia. ”Nosso propósito é mostrar que o Krav Magá consiste na defesa pessoal por meio de respostas simples e rápidas utilizadas nas situações de risco, em qualquer tipo de agressão, independentemente do físico, idade ou sexo,” explicou o professor.

A instrução foi promovida pelo Comando da Polícia Militar, através do Departamento de Promoção Social (DPS), com a coordenação do Centro Maria Felipa. De acordo com o Comando da PM novas oficinas temáticas de defesa pessoal estão previstas para o próximo ano. A expectativa é que haja adesão para que o curso seja efetivado na grade de cursos de defesa pessoal da Instituição.

A soldado Thaise Barbosa, da 35ª CIPM, aprovou a atividade. “Muito interessante, pois além de rememorar os nossos conhecimentos, essa arte é de fundamental importância para nossa atividade policial”, declarou.

Fonte: Ascom/ PMBA

 

Veja também