Policiais militares estão entre suspeitos de atacar comunidade em Camaçari

Casas e barracos foram destruídos com o auxílio de um trator

Foto: Reprodução, UOL

Cerca de 30 homens encapuzados invadiram o assentamento Tererê, em Catu de Abrantes, no município de Camaçari, na madrugada deste sábado (20). Casas e barracos foram destruídos com o auxílio de um trator.

De acordo com o portal UOL, moradores revelaram que cinco policiais militares participaram da invasão com um grupo de cerca de 30 pessoas. O local seria visado para a construção de um condomínio

Das 30 famílias que vivem no assentamento, pelo menos 13 foram atacadas. Uma casa foi invadida e 12 foram demolidas ou incendiadas.

Em nota encaminhada à reportagem, a PM informou que por volta das 18h30 de sábado (20), a Polícia Militar da Bahia, após receber a informação do ataque ao assentamento, encaminhou policiais para o local. Os PMs realizaram rondas e encontraram um trator. Também foram avistados “veículos de passeio em comboio, próximo a Praça de Pedágio, sentido Simões Filho”.

Ainda na nota, a PM revelou que a abordagem foi realizada com busca pessoal em todos os implicados na ocorrência, entre eles 05 (cinco) policiais militares. Na 27ª DP/Itinga, foram apresentados os envolvidos, bem como os veículos e materiais apreendidos. Posteriormente os policiais militares que participaram da invasão foram conduzidos à Corregedoria-Geral da PMBA, para adoção das medidas cabíveis.

Programa Estado Solidário