Polícia apreende quase um milhão de roupas após fraude

PRF identificaram fraude de sonegação fiscal

Ninguém foi preso – Foto: Divulgação | PRF-BA

Quase um milhão de produtos de vestuário foram apreendidos por equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) após suspeita de fraude em documento fiscal, em Seabra. O material vinha sendo transportado em dois veículos do tipo rodotrem, que pertenciam ao mesmo proprietário, e possuía notas fiscais idênticas, o que caracteriza crime de sonegação fiscal.

O caso, divulgado nesta segunda-feira, 11, ocorreu na manhã de quinta-feira, 7. Segundo a PRF, ao ser questionado sobre a documentação fiscal da carga, o condutor do rodotrem apresentou notas de diversos remetentes, todas de origem de Santa Cruz de Capibaribe (PE).

Logo em seguida, um outro veículo do mesmo modelo, foi parado. Questionado sobre a carga, o motorista informou estar transportando roupas e apresentou várias notas fiscais de diversos emitentes, todos também de Santa Cruz do Capibaribe. Nenhum deles apresentou DAMDFE e DACTE para a viagem.

Ao notarem que os veículos iniciaram a viagem no mesmo município, e que ambos pertenciam a mesma pessoa, a equipe decidiu comparar as notas fiscais apresentadas e verificar as cargas. Conforme a PRF, constatou-se que as notas apresentadas por ambos eram exatamente as mesmas, e que as mercadorias presentes não eram as discriminadas no documento.

Também não foi apresentado qualquer carimbo ou documento de desembaraço entre as divisas de PE e BA, caracterizando a fraude por sonegação fiscal.

Tanto os veículos, como a carga, foram encaminhadas para os trâmites necessários junto a Secretaria de Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz).

Caso ocorreu na manhã de quinta-feira, 7
Caso ocorreu na última quinta-feira, 7|  Foto: Divulgação | PRF-BA