GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Operação flagra bomba de posto que injetava combustível a menos

Posto Legal fiscalizou 20 revendedoras de Salvador e Região Metropolitana

Foto: assessoria/Sefaz-BA

A operação Posto Legal autuou um posto de revenda de combustível de Salvador ao flagrar um bico da bomba que injeteva 100 mililtros de combustível a menos a cada 20 litros comercializados. Além de fornecer o produto a menor do que o consumidor pagava, o estabelcimento apresentava vazamento em uma bomba de etanol.

De acordo com o Ibametro, órgão responsável pela verificação das bombas, no total foram reprovados 47 bicos por irregularidades diversas, a maioria de baixa gravidade. Sete bicos foram interditados para que os postos regularizem as pendências.

As vistorias foram realizadas em 20 revendedores de Salvador, Lauro de Freitas, Camaçari, Candeias, Simões Filho e em Dias D’Ávila. Além do Ibametro, a operação contou com a Secretaria da Fazenda (Sefaz) , Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Secretaria da Segurança Pública (SSP) e a Procuradoria Geral do Estado (PGE).

Durante a fase realizada em Salvador e Região Metropolitana foram identificadas ainda irregularidades como a venda de produtos fora do prazo de validade, falta de visibilidade do Código de Defesa do Consumidor, atraso no recolhimento da taxa Feaspol (Fundo Especial de Aperfeiçoamento dos Serviços Policiais) e utilização de máquinas de cartão de crédito pertencentes a outro estabelecimento, o que configura fraude fiscal.

Para denunciar irregularidades em algum posto de combustível localizado no estado da Bahia, o consumidor pode ligar para o disque denúncia do Posto Legal, nos telefones 3235 0000 (Salvador e RMS) e 181 (interior).

Programa Estado Solidário