OMS declara varíola dos macacos emergência global de saúde

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, declarou que o risco no mundo é relativamente moderado, exceto na Europa, onde é alto

A Organização Mundial da Saúde declarou a varíola dos macacos como uma emergência global de saúde, diante do rápido aumento de casos da doença pelo mundo.

Essa classificação é o alerta mais alto que a OMS pode emitir e a decisão foi tomada neste sábado (23) após a segunda reunião do comitê de emergência da organização sobre o vírus.

O anúncio foi feito pelo secretário-geral da instituição, Tedros Adhanom Ghebreyesus. Na prática, o estado de emergência obriga agências sanitárias pelo mundo a aumentar medidas preventivas. Até agora foram registrados 16 mil casos de varíola dos macacos em 75 países.

No Brasil, já foram registrados mais de 600 casos da doença, sendo 425 em São Paulo.

Atualmente, só há outras duas emergências de saúde deste tipo: a pandemia do coronavírus e o esforço contínuo para erradicar a poliomielite.

Tedros disse que o comitê de emergência não conseguiu chegar a um consenso sobre se o surto de varíola deveria receber o alerta máximo, sendo classificado como uma emergência de saúde global.

No entanto, ele disse que o surto se espalhou rapidamente pelo mundo e, por isso, decidiu que era, de fato, uma preocupação internacional. “A avaliação da OMS é que o risco de varíola é moderado globalmente e em todas as regiões, exceto na Europa, onde avaliamos o risco como alto”, acrescentou.

Fonte: G1