Oftalmologistas de Feira de Santana, Vitória da Conquista e Itabuna organizam mutirões para combater doença que pode levar à cegueira

Feira de Santana, Vitória da Conquista e Itabuna reforçam a luta contra doença que pode levar a perda total ou parcial da visão e é evitável. Durante o mês de novembro, dezenas de ações nestes municípios servirão de plataforma para a prevenção, o diagnóstico e o tratamento precoces da retinopatia diabética. Essa doença, considerada uma das principais causas de cegueira evitável, será o mote de mutirões de atendimento, palestras e sensibilizações, num movimento de retomada desta busca ativa de casos nas comunidades em decorrência da queda nos indicadores de covid-19.

A articulação desse esforço está sob a responsabilidade de médicos e entidades locais, em parceria com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) que alerta: apesar dos números da pandemia apresentarem queda, todas as atividades serão conduzidas observando as orientações preconizadas pelas autoridades sanitárias. Isso quer dizer que serão evitadas aglomerações e estimulados os usos de máscaras e de álcool gel, entre outras medidas.

ABAIXO FIQUE ATENTO AS AÇÕES JÁ CONFIRMADAS NA SUA REGIÃO (LISTADAS EM ORDEM ALFABÉTICA).

Além das ações presenciais, o CBO também organiza no dia 21 de novembro um grande mutirão on-line com informações sobre a retinopatia diabética. O projeto “24h pelo diabetes” terá este ano sua segunda edição, garantindo aos interessados conteúdo de qualidade sobre a doença. Ao longo de uma maratona transmitida pelo YouTube, será possível acompanhar palestras, debates, entrevistas e reportagens. Também estão previstas sessões de teleorientação com o apoio de médicos oftalmologistas e de outras especialidades.

Para os oftalmologistas, as ações (presenciais e virtuais), que ocorrerão de forma descentralizada, são oportunidade de trazer à tona importantes questões que evidenciam o cuidado da saúde ocular, como etapa essencial no controle e tratamento do diabetes. No encontro com os moradores, será explicado que as altas taxas de glicemia no sangue podem trazer complicações para a visão e também ao coração, artérias, nervos e rins.

Como se trata de uma ação descentralizada, os estados e municípios que aderiram à iniciativa do CBO seguirão fluxos definidos pelos organizadores em nível local. Em alguns deles, as atividades já começaram para garantir que o acolhimento da demanda ocorra sob as regras de distanciamento social.

Na maioria dos serviços que participam deste esforço, os interessados terão acesso a exames para forma precoce a retinopatia diabética, além de outros problemas decorrentes do diabetes. Há iniciativas, que farão avaliações cardiológicas, nutricionais e testes laboratoriais, como glicemia, creatinina, hemoglobina glicada, colesterol, proteinúria e microalbuminúria. Tudo será oferecido de graça.

O diabetes é uma doença grave e silenciosa, o que exige a vigilância contínua por parte dos órgãos de saúde pública. A Federação Internacional de Diabetes (IDF, em inglês) vem ao longo dos anos estimulando debates e incentivando especialistas a se mobilizarem em torno dos cuidados desse problema que, em 2019, atingia 463 milhões de adultos ao redor do mundo, a maioria deles vivem em países de baixa e média renda, como é o caso do Brasil.

CALENDÁRIO DE ATIVIDADES DO NOVEMBRO AZUL POR ORDEM ALFABÉTICA DAS LOCALIDADES

FEIRA DE SANTANA – BA

06/11 – CLIHON: Rua Barão do Rio Branco, 892, Centro. Campanha para detecção precoce da Retinopatia Diabética, das 7h às 11h. Atendimentos gratuitos, realizados por agendamento: exame do fundo do olho, laserterapia, medida da pressão arterial, glicemia e muito mais. Para mais informações (75) 2102-2000 ou (75) 98109-5310.

ITABUNA – BA

04 e 05/11 – 1ª fase de atendimento, das 8h às 16h, com pacientes diabéticos pré triados pela Secretaria Municipal de Saúde com o apoio dos Agentes Comunitários de Saúde. Serão oferecidos exames do Pé e do Fundo de Olho através da Retinografia Digital e Telemedicina com utilização de algoritmo de Inteligência Artificial como recurso de auxílio, triando os pacientes com retinopatia diabética grave ou pé diabético com sinais de gravidade para a 2ª fase;

20/11 – 2ª fase de atendimento, das 8h às 16h, no hospital Beira Rio, com atendimento dos casos graves triados na 1ª fase. Serão realizados exames laboratoriais de Glicemia, Creatinina, Hemoglobina Glicada, Colesterol, proteinúria e microalbuminúria, além de exames de retina presenciais com oftalmologistas especialistas em retina, fotocoagulação a laser; avaliação cardiológica com cardiologistas, realizando eletrocardiograma e ecocardiograma; exames com nefrologistas, e avaliação dos pacientes com lesões mais graves com angiologistas;

10/11 – Live “Unidos pelo diabetes em ação” às 20h. Transmissão pelos perfis no Instagram @eloebete e @ongunidospelodiabetes, com apresentação da advogada Eloisa Malieri e participação dos oftalmologistas Rafael Andrade, presidente da ONG Unidos Pelo Diabetes, Maurío Maia, presidente da Sociedade Brasileira de Retina e Vitreo, e Cristiano Caixeta, Vice-presidente do Conselho Brasileiro de Oftalmologia;

27/11 – Programa Especial Diabetes na TV aberta Record;

29/11 – Aulão Azul Fitness Digital.

VITÓRIA DA CONQUISTA – BA

20/11 – Unidade do CEOQ. Durante todo o mês de novembro a população será atendida pelos residentes médicos e os casos graves serão triados para o Dia D (20/11/2021) com o atendimento pelos retinólogos. Mais informações através da central de marcação (77) 3262-3100, WhatsApp (77) 98102-6620 ou no perfil do Instagram @ceoq_

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Programa Estado Solidário