‘O centro está deixando de ser a 3º via para a ser a única via’, diz Tebet

Pré-candidata do MDB à Presidência, a senadora acredita que é preciso acabar com o discurso de bem contra o mal

Foto: Lucio Bernardo Junior/Câmara dos Deputados

Pré-candidata do MDB à Presidência, a senadora Simone Tebet acredita que uma chapa de centro pode impedir a polarização da disputa entre o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Nesta quarta-feira (6), o grupo formado por MDB, União Brasil e PSDB deve anunciar que terá apenas um candidato ao Planalto.

“O centro democrático está deixando de ser a terceira via para a ser a única via. Amanhã (hoje), os presidentes dos partidos vão anunciar que a candidatura é única.”, disse Tebet em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

Segundo a senadora, a proposta do grupo é combater a polarização instalada no país. “O foco é apresentar a solução para o problema da fome, da miséria, do desemprego e da desigualdade social. É dizer que não há solução na polarização Lula e Bolsonaro. Isso levaria o segundo turno para 31 de dezembro de 2026. O Brasil precisa de paz, tem que acabar com esse discurso de bem contra o mal.”