Cúpula do MDB avalia como ‘excelente’ entrosamento entre Geraldo Jr. e Jerônimo

Presidente da Câmara de Vereadores de Salvador é vice na chapa encabeçada pelo ex-secretário de Educação

Integrantes da cúpula do MDB baiano avaliam, até agora, como “excelente” o desempenho do presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Geraldo Jr., como vice do ex-secretário de Educação do estado Jerônimo Rodrigues, pré-candidato do PT ao Palácio de Ondina. Emedebistas ouvidos pelo bahia.ba apontam que o saldo neste começo de pré-campanha é “extremamente positivo”.

Para um ex-vereador emedebista, que preferiu não se identificar, Geraldo logo afinou seu discurso com os dos demais membros da base de apoio do govenador Rui Costa. “Quem diz que ele já foi aliado de ACM Neto?”, questiona.

Outro emedebista histórico diz ao bahia.ba que o troco dado por Rui e pelo senador Jaques Wagner no ex-prefeito de Salvador e pré-candidato do União Brasil ao Executivo baiano, ACM Neto, foi uma “jogada de mestre”. “Eles poderiam esperar qualquer um, menos Geraldo. Foi o melhor nome, a melhor resposta do governo para ACM Neto. Eu mesmo acho que saímos na vantagem com o apoio a Jerônimo. Vamos ganhar a eleição”, analisa.

Geraldo Jr, ex-aliado de primeira hora de Neto, foi indicado pelo MDB baiano para ocupar a vaga de vice na chapa encabeçada por Rodrigues, após uma articulação capitaneada por Jaques Wagner. Geraldo, por sua vez, modificou a lei orgânica do município e convocou novas eleições para Mesa Diretora da Câmara Municipal, quando foi reeleito com 35 dos 39 votos.