UFC

Lídice diz que DEM estaria “chantageando” Temer

Segundo a senadora, toda a renegociação de dívidas foi para conseguir melhorar a situação de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

A senadora Lídice da Mata (PSB) reclamou da demora da Câmara de votar o projeto da Reforma Política e acusou o DEM de estar chantageando o presidente Michel Temer (PMDB) para que ele barre o empréstimo de R$ 600 milhões para a Bahia. As declarações foram dadas em entrevista ontem à Rádio Metrópole.

Nesta semana, um dos projetos que constituem a Reforma, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 282/16 foi adiada mais uma vez e deve ser votada na próxima semana. “Alguns vão defender os interesses dos ricos, da sociedade em geral, da maioria. Os conflitos é que geram novas leis, negociações, isso toma conta da agenda da justiça, dos noticiários. […] A Câmara tem até dia 14 para tomar uma decisão sobre isso. Essas mudanças só podem acontecer até o inicio de outubro, temos um prazo pequeno. Vai ficando a sensação de que nem isso vai acontecer no Brasil”, disse.

 

Por Henrique Brinco | Tribuna da Bahia

 

 

Veja também