Últimas Notícias

Líder do PCdoB critica intenção do governo Bolsonaro de criar novo imposto

Líder do PCdoB na Câmara, o deputado federal baiano Daniel Almeida criticou, nesta quarta-feira (11), a intenção do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) de cobrar uma alíquota inicial de 0,4% para saques e depósitos.

Já para pagamento no débito e no crédito a alíquota inicial estudada é de 0,2% para pagadores e recebedores. A proposta vem sendo comparada à antiga Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).

“A solução para gerar economia não é obrigar o trabalhador a pagar mais um imposto. A economia melhora quando se tem empregos e investimentos para pesquisa e educação. Emprego e educação para o povo, isso sim é a solução”, disse o comunista baiano.”A CPMF tem pouco apoio entre aqueles que conhecem a questão tributária, não sei se esse é o melhor caminho para você resolver os custos com mão de obra”, afirmou.

Outubro Rosa - A gente abraça essa luta