Últimas Notícias

Jovens Campeões: Escola pública vence Olimpíada de Robótica

Projeto apresenta ideia inovadora de alunos do Centro Juvenil de Ciência e Cultura durante o Fórum Agenda Bahia

Jovens-Campe%C3%B5es-Escola-p%C3%BAblica-vence-Olimp%C3%ADada-de-Rob%C3%B3tica Jovens Campeões: Escola pública vence Olimpíada de Robótica

Uma realidade ali bem próxima da escola onde estudam no bairro de Nazaré inspirou os alunos do Centro Juvenil de Ciência e Cultura a pensarem em uma solução inovadora que pudesse melhorar a vida das pessoas desabrigadas. Foi assim que nasceu o projeto Bag to Risk (Mochila para se Reerguer), dispositivo adicional para aplicativos de transportes que pode ser utilizado para fazer doações aos sem-tetos que vivem nas ruas de Salvador. 

A equipe Robograma, formada por Ana Clara Souza, Ítalo Gabriel, João Matheus, Kailany Santos, Leila de Jesus, Rafael Sacramento, Vitória Souza e Jaqueline Vilas conquistou o primeiro lugar da Olimpíada Brasileira de Robótica Agenda Bahia. Orientados pelos professores Diego Barreto e Elton Borges, o Bag to Risk venceu o desafio e apresentou para o público os detalhes do dispositivo durante a programação da 10ª edição do Fórum, que aconteceu nesta quinta-feira (03), no Senai Cimatec.

“O nosso projeto em si é muito gratificante, principalmente porque a gente vem de uma escola pública e chegamos aqui”, comemorou João Matheus, um dos integrantes da equipe.  “Todos conseguimos aprender muito, independente do primeiro lugar. E o principal é poder pensar uma melhoria para a sociedade”, acrescentou sua colega, Leila de Jesus.

Transformadores

A ideia chamou a atenção por estimular a criação de rede logística por meio de aplicativos como o Uber, por exemplo, para distribuir mantimentos, roupas e material de higiene pessoal. Todas as doações seriam entregues  em uma mochila que pudesse se transformar também em um saco de dormir.

“O que a gente observa é a possibilidade de trazer a concepção de projetos como esse para um espaço tão aberto como o Agenda Bahia. Isso abre a cabeça para a tecnologia e traz mais empoderamento para estes jovens”, destaca  a líder técnica da Aceleradora de Startups do Cimatec, Lara Machado. 

A gerente de Educação do Sesi, Clécia Lobo, concorda: “Só  precisamos dar desafios e oportunidades por meio de soluções. A cabeça dessa garotada do ensino médio e técnico está cheia de boas ideias”. 

A Escola Sesi Candeias levou o segundo lugar com o projeto Olhando para o Futuro. A Escola Sesi Reitor Miguel Calmon (Casarões 3D), o Instituto Federal da Bahia (Projeto Salvatur) e a Escola Mestre Paulo dos Anjos (Aplicativo Localiza Fácil) ficaram em terceiro, quarto e quinto lugares, respectivamente. 

O Projeto Tecnologia para o Bem de Todos é uma iniciativa do CORREIO em parceria com a Federação das Indústrias da Bahia (Fieb) e o Sistema S. Todas as equipes que participaram da Olimpiada trabalharam com o tema Cidades CrI.A.tivas.

“A gente queria muito que este ano mais jovens participassem. Se estamos falando de futuro, precisamos trazê-los para conversar sobre isso”, completou a curadora de conteúdo do Agenda Bahia, Rachel Vita.   

O Fórum Agenda Bahia 2019 é uma realização do CORREIO, com patrocínio da Sotero Ambiental, apoio institucional da Prefeitura de Salvador, Federação das Indústrias da Bahia (Fieb) e Rede Bahia e apoio da Braskem e DD Education. 

Outubro Rosa - A gente abraça essa luta