Ibope: Bolsonaro tem 28%, mas perde para Haddad no segundo turno

Pesquisa divulgada nesta segunda-feira, mostra que candidato petista cresceu em relação à pesquisa anterior e vence candidato do PSL na segunda votação.

São Paulo — A pesquisa Ibope, divulgada nesta segunda-feira (24), mostra que o candidato à presidente pelo PT, Fernando Haddad, se aproximou mais do candidato pelo PSL, Jair Bolsonaro para a disputa do primeiro turno das eleições.

Segundo a pesquisa, feita com 2.300 pessoas, entre os dias 21 e 22 deste mês, Bolsonaro lidera o primeiro turno, com 28% das intenções de voto.

Em segundo lugar está Haddad, que passou de 19% para 22% em relação à pesquisa anterior divulgada na última terça-feira (18).

Em terceiro lugar está Ciro Gomes (PDT), com 11% dos votos, e o tucano Geraldo Alckmin, com 8% (na pesquisa anterior, estava com 7%). Marina Silva ficou com 5% das intenções de voto. Na pesquisa anterior, ela estava com 6% dos votos.

Brancos e nulos foram 12%, e não sabem ou não responderam computaram 6%. Resultado é 1% a menos do que na pesquisa anterior.

O nível de confiança da pesquisa é de 95%, ou seja, há uma probabilidade de 95% de os resultados estarem corretos. A margem de erro é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Simulação do 2º turno

No cenário de disputa para o 2º turno, Haddad ganha por 43% dos votos, contra 37% de Bolsonaro. Votos brancos e nulos bateram 15% e indecisos, 4%. Anteriormente, os presidenciáveis estavam empatados com 40%.

Essa é a primeira vez que o candidato do PSL oscila negativamente nas pesquisas do Ibope de intenção de voto. Em todos os cenários, o resultado aparece fora da margem de erro.

Entre Ciro Gomes e Jair Bolsonaro, o presidenciável pelo PDT leva a melhor com 46%, frente a 35% do ex-militar.

Já na disputa com Geraldo Alckmin, Bolsonaro também perde. Para o tucano, as intenções de voto atingiram 46%, contra 36% do pesselista.

Evolução das taxas de rejeição em relação a pesquisa anterior

Aqui, os entrevistados devem dizer em quem não votariam de jeito nenhum e podem apontar mais de um nome.

Jair Bolsonaro: de 42% de 46%

Fernando Haddad: de 29% para 30%

Marina Silva: de 26% para 25%

Geraldo Alckmin: de 20% para 20%

Ciro Gomes: de 19% para 18%

Em relação ao levantamento anterior do instituto, divulgado na terça-feira (18):

Jair Bolsonaro se manteve com 28%;

Haddad foi de 19% para 22%;

Ciro se manteve com 11%;

Alckmin foi de 7% para 8%;

Marina passou de 6% para 5%;

Os indecisos foram de 7% para 6% e os brancos ou nulos, de 14% para 12%.

Rejeição

O Instituto também perguntou: “Dentre estes candidatos a Presidente da República, em qual o (a) sr. (a) não votaria de jeito nenhum? Mais algum? Algum outro?”.

  • Os resultados foram:
  • Bolsonaro: 46%
  • Haddad: 30%
  • Marina: 25%
  • Alckmin: 20%
  • Ciro: 18%
  • Meirelles: 11%
  • Cabo Daciolo: 11%
  • Eymael: 11%
  • Boulos: 11%
  • Vera: 10%
  • Alvaro Dias: 9%
  • Amoêdo: 9%
  • João Goulart Filho: 9%
  • Poderia votar em todos: 2%
  • Não sabe/não respondeu: 7%

JIU JITSU FERNANDO MEIRA