Governo reforça policiamento em assentamento do MST após ataques

Polícia Civil investiga o ataque ocorrido no local

Foto: Divulgação, Ascom/SSP-BA

Após homens armados atearem fogo em veículos e fazerem integrantes do Movimento Sem Terra (MST), do assentamento Fábio Henrique, de reféns, a Secretaria de Segurança Pública do estado (SSP-BA) intensificou, nesta terça-feira (2), o policiamento no assentamento, localizado na cidade de Prado, no Sul da Bahia.

De acordo com a SSP, a medida foi determinada pelo secretário de segurança pública, Ricardo Mandarino.

Unidades especializadas da Polícia Militar foram encaminhadas para o local, além de equipes da Polícia Civil incubidas de investigar o ataque, que aconteceu no domingo (31).

O caso foi registrado na Delegacia Territorial (DT) de Teixeira de Freitas, onde testemunhas identificaram alguns suspeitos.

“Não vamos tolerar esse tipo de ação na Bahia. Determinei prioridade no caso e chegaremos aos autores”, afirmou Mandarino.

Programa Estado Solidário